Esse primeiro atendimento tem por objetivo esclarecer todas as suas dúvidas sobre os tratamentos. Nossos especialistas em Reprodução Humana irão analisar todos os seus dados e a história do casal.
Este primeiro atendimento é gratuito e uma excelente oportunidade para respondermos todas as suas perguntas.
Por isso, o ideal é que o casal venha junto à consulta, assim ambos poderão tirar suas dúvidas e saber o que precisarão fazer para poder ter filhos.
Além disso, vocês poderão conhecer melhor nossa clínica e toda a infraestrutura que oferecemos.


Com base nas informações apresentadas durante o primeiro atendimento, nosso médico especialista em Reprodução Humana irá indicar quais exames serão necessários para identificar o fator da infertilidade, lembrando que a investigação é sempre no casal.
Os exames poderão ser realizados pelo seu convênio médico, se preferir. Ter um diagnóstico correto e rigoroso é essencial para a escolha do melhor tratamento para cada caso.


Com todos os resultados dos exames em mãos, você deverá agendar o retorno da consulta médica para que nosso especialista em Reprodução Humana avalie as evidências encontradas nos exames e apresente as opções de tratamento mais indicadas para o casal.
Não é preciso decidir nada nesse momento. Sabemos o quanto a realização desse sonho é importante. Por isso, damos todo o apoio necessário para ajudar você a constituir a sua família. Na sua hora, no seu tempo.




Assim que o casal tiver escolhido iniciar o tratamento, basta entrar em contato e agendar um horário para início do procedimento indicado.

Coito Programado

O coito programado é um tratamento de baixa complexidade que consiste em estimular a ovulação realizando acompanhamento com ultrassom e programando o melhor momento para ter relações sexuais em casa. Geralmente é indicado para casais constituídos por uma mulher jovem, que possui trompas normais, e um homem que apresenta o sêmen também dentro da normalidade ou com discretas variações.

Inseminação Intrauterina

A inseminação intrauterina, popularmente conhecida como “inseminação artificial”, é um tratamento de baixa complexidade que consiste em estimular a ovulação realizando controle com ultrassom e programando o melhor momento para colocar dentro da cavidade uterina, através de um cateter, os espermatozoides previamente preparados para que ocorra a fertilização.

Fertilização in Vitro Clássica

A FIV Clássica é um tratamento considerado de alta complexidade que consiste em induzir a ovulação realizando controles com ultrassom para que, no momento apropriado, os óvulos sejam captados dos ovários e entregues ao laboratório. O embriologista colocará os óvulos em contato direto com os espermatozoides em uma placa com meio de cultura e ambiente apropriado, simulando o que ocorreria no processo natural nas tubas uterinas da mulher. Deste modo, ocorrerá a fertilização e os embriões se desenvolverão por até 5 dias. Para a transferência, serão escolhidos os embriões seguindo critérios de avalição e, com o auxílio de cateter específico, serão colocados dentro da cavidade uterina.

Fertilização in Vitro por ICSI

A FIV por ICSI (Injeção intracitoplasmática de espermatozoides) é um tratamento considerado de alta complexidade que consiste em induzir a ovulação realizando controles com ultrassom para que, no momento apropriado, os óvulos sejam captados dos ovários, entregues ao laboratório e fertilizados através da injeção de um único espermatozoide previamente selecionado dentro do óvulo. Após a fertilização, os embriões se desenvolverão por até 5 dias. Para a transferência, serão escolhidos os embriões seguindo critérios de avalição e, com auxílio de cateter específico, serão colocados dentro da cavidade uterina.

Congelamento de óvulos

Com a mudança social ocorrida na vida da mulher tem-se postergado cada vez mais a maternidade. No entanto, a idade é fator determinante na fertilidade da mulher e também no sucesso de uma gestação. Após os 35 anos a fertilidade cai em 50% e reduz progressivamente a cada ano, pois as mulheres já nascem com o número certo de óvulos que poderão ser fertilizados ao longo da vida. Com o passar da idade também aumenta o risco de abortos e doenças genéticas associadas ao envelhecimento do óvulo, como a Síndrome de Down, por exemplo. Desta forma, preservar a fertilidade é uma alternativa para as mulheres adiarem os planos de gravidez com mais segurança, através do congelamento dos óvulos em idade mais jovem para serem fertilizados e implantados no útero em idade futura. Para esse processo é necessário induzir a ovulação com hormônios, captar os óvulos dos ovários e então, no laboratório, é realizado o congelamento destes óvulos através da técnica de vitrificação. Este procedimento também é indicado para pacientes que irão passar por algum tratamento oncológico (radioterapia, quimioterapia) ou cirurgias que possam comprometer sua fertilidade.

Congelamento de sêmen

O congelamento de sêmen é uma alternativa para pacientes que irão se submeter a tratamento oncológico (radioterapia, quimioterapia), cirurgias como vasectomia ou qualquer outra condição que possa comprometer sua fertilidade. As amostras serão obtidas através de masturbação, punção de epidídimo ou biopsia testicular e congeladas utilizando um meio crioprotetor específico. Serão mantidas em nitrogênio líquido por tempo indeterminado.

Congelamento de embriões

O congelamento de embriões é um procedimento realizado quando existem embriões excedentes e de boa qualidade em tratamentos de Fertilização in Vitro ou para pacientes que simplesmente desejam preservar sua fertilidade e pensam em ter filhos no futuro. Também pode ser indicado nos casos de pacientes que irão se submeter a tratamentos oncológicos.

Chamar no Whatsapp