Skip to main content

A jornada da fertilidade nem sempre é fácil. Dúvidas, ansiedade e preocupações, são sintomas nem sempre diagnosticados.
Quando falamos sobre ovodoação, muitas mulheres se questionam: será que eu posso?

A ovodoação é uma alternativa promissora para pacientes que enfrentam desafios na concepção.
Engravidar com óvulos doados é possível e certamente é um dos tratamentos de reprodução assistida que mais cresce no Brasil.

Na InVentre contamos com uma equipe preparada para orientar, acolher e colaborar com essa jornada.
E a boa notícia: sua espera é curta! Você não terá que ficar meses esperando por uma doadora. Graças a mulheres doadoras de óvulos, podemos realizar seu tratamento no tempo certo.

Na reprodução assistida, todas as chances dependem de diversos fatores e o principal é a idade. Mas não se preocupe, cada tratamento é individualizado e depende de avaliação de um especialista.
Pacientes receptoras de óvulos, que recebem indicação de ovodoação, possuem melhores chances de gestação com óvulos doados, do que com óvulos próprios, quando não produzem óvulos em quantidade ou qualidade suficientes para formar embriões viáveis.

As informações de receptoras e doadoras são mantidas em absoluto sigilo, sempre.

Toda mulher receptora recebe o aconselhamento de um especialista e se prepara para receber óvulos doados. Aqui, sua jornada da ovodoação é acompanhada diariamente.

A escolha da doadora é feita pela paciente, ou casal, sempre respeitando as características de cada um. Você poderá selecionar uma doadora com o apoio de nossa equipe e terá acesso às informações de saúde da doadora.

Após a escolha, inicia-se o processo de preparo da receptora para receber os óvulos doados.
O tratamento com óvulos doados consiste na técnica de reprodução assistida, em que a receptora é submetida a um procedimento de fertilização in vitro (FIV) utilizando os óvulos de uma doadora. Os óvulos da doadora são fertilizados com o sêmen do parceiro ou de um doador anônimo, ou de um parente homem de até quarto grau.

Os embriões são acompanhados pela equipe de embriologia enquanto se desenvolvem.

Após a formação dos embriões, que podem ser congelados por tempo indeterminado, realiza-se a transferência embrionária para o útero da receptora. A receptora realiza o preparo endometrial para receber o embrião através do uso de medicações.

Que boa notícia! Sua doação pode ajudar muitas famílias. A InVentre possui um programa de doação de óvulos que respeita todas as regras e exigências dispostas na Resolução CFM 2.168/2017.

Realizada por mulheres de até 37 anos, em plenas condições de fertilidade, de forma voluntária. Assim ela irá se submeter ao procedimento de estimulação ovariana e coleta dos óvulos para que possam ser encaminhados ao processo de fertilização e futura gestação de outra mulher.

Ocorre quando a mulher possui problemas de fertilidade e está passando por um tratamento de reprodução assistida. A mulher decide compartilhar parte dos seus óvulos coletados com outra mulher também com dificuldades para engravidar. Dessa forma, também é possível dividir os custos do tratamento.

Quer saber mais como funciona nosso programa de ovodoação? Entre em contato com nossa equipe.